Exposição “GRASSMANN e as coleções do Gabinete de Estampas da UNICAMP”

Convidamos todos a visitarem a exposição “GRASSMANN e as coleções do Gabinete de Estampas da UNICAMP”, de curadoria de Ana Paula de Andrade e Danilo Perillo, que se inicia no dia 23 de setembro de 2022 e fica em cartaz até 23 de janeiro de 2023, de segunda a sexta-feira, das 9 às 17h, no espaço de exposição da Biblioteca de Obras Raras Fausto Castilho (BORA) da Unicamp.

A mostra apresenta um pouco da trajetória, da formação e da coleção do Gabinete de Estampas: Departamento de Desenhos e Gravuras da UNICAMP, que é composta por aproximadamente 3000 obras entre gravuras e desenhos de artistas nacionais e internacionais. Alguns exemplos são as sub coleções Marcelo Grassmann, a partir da qual foram constituídas a ideia e a criação do Gabinete de Estampas, Glatt & Ymagos, Maneira Negra, Intercambio, Márcio Périgo e Novas Aquisições.

A exposição conta com a colaboração da Biblioteca de Obras Raras Fausto Castilho, onde funciona o Gabinete de Estampas.

Visitação: 23/09/2022 a 23/01/2023

Horário para visitação: das 9h às 17h, de 2ª a 6ª feira

Local: Espaço de Exposição da Biblioteca de Obras Raras Fausto Castilho (BORA)

Exposição de livros de artista “Livros Multiformes”

A BORA convida todos a visitarem a exposição Livros Multiformes, que faz parte da programação oficial de 2022 da Galeria de Arte do Instituto de Artes (GAIA) e que estará no hall da Biblioteca Central Cesar Lattes (BCCL) de 31 de agosto a 30 de setembro.

Na mostra, o público poderá conhecer parte do acervo da Coleção Livros de Artista da BORA, além de obras cedidas pelas bibliotecas do Instituto de Artes e do Instituto de Estudos da Linguagem da Unicamp às quais agradecemos.

A Coleção Livros de Artista está disponível para consulta e pesquisa através de agendamento prévio pelo formulário Solicitação de Consulta aos Acervos.

Leia também: https://www.unicamp.br/unicamp/eventos/2022/08/29/galeria-de-arte-biblioteca-central-e-biblioteca-de-obras-raras-organizam.

Abertura da exposição: 31/08, às 13h
Local: Hall da Biblioteca Central Cesar Lattes
Período: 31/08 a 30/09
Visitação: das 8h às 22h, de 2ª a 6ª feira

BORA na UPA 2022

A Biblioteca de Obras Raras Fausto Castilho (BORA) estará aberta das 9 às 16 horas no próximo sábado, dia 27 de agosto, para receber os estudantes durante a 17ª edição da Unicamp de Portas Abertas (UPA).

Na BORA, teremos a presença da biógrafa e da filha da agroecologista Ana Primavesi, Virginia Knabben e Carin Primavesi, que farão uma roda de conversa com o público a partir das 10 horas. No local, estão em exposição itens do acervo de Ana Primavesi doado recentemente pela família à Unicamp.

Após a roda de conversa, será feito o plantio de um Ipê-amarelo no jardim da BORA, árvore que foi cuidadosamente escolhida para homenagear Ana Primavesi e demonstrar o reconhecimento e a gratidão da equipe da BORA por ter sido escolhida como depositária desse importante e inestimável acervo.

Durante todo o evento, haverá visita monitorada à Exposição Ana Primavesi, além da Mostra do Laboratório de Conservação da BORA, com instrumentos e técnicas utilizadas na conservação e restauro dos materiais.

Venham nos visitar, aguardamos vocês!
 
 
Cordialmente, Equipe BORA
 
 
 

 

BORA convida para a exposição “Ana Maria Primavesi: sementes e frutos da agroecologia”

A Biblioteca de Obras Raras Fausto Castilho convida todos a visitarem a exposição “Ana Maria Primavesi: sementes e frutos da agroecologia” no saguão da biblioteca.

A mostra é uma homenagem a essa pesquisadora e pioneira da agroecologia, cujo acervo de livros, documentos, móveis e objetos foi doado à Unicamp e se encontra aos cuidados da BORA.

A visitação está aberta de 2ª a 6ª feira, das 9h às 17h, até o dia 8 de julho de 2022.

Cerimônia de doação do acervo

No dia 01 de abril de 2022, aconteceu na BORA a cerimônia de formalização da doação do acervo de Ana Maria Primavesi à Unicamp. No evento, estiveram presentes familiares, pesquisadores e representantes de entidades ligadas à agroecologia como o Instituto Brasil Orgânico, do qual faz parte o ator Marcos Palmeira, que gravou um vídeo em homenagem a Ana Primavesi transmitido durante a cerimônia. Foi uma celebração muito bonita e emocionante e toda a equipe da BORA se sente horada em ser a escolhida para cuidar desse importante acervo. O vídeo pode ser conferido em https://www.youtube.com/watch?v=7ia3XR9xV2Y.

Algumas fotos do evento:

Carin Primavesi, filha de Ana Maria Primavesi

Virgínia Knabben, geógrafa e biógrafa de Ana Maria Primavesi, com os representantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) Carlos Salazar e Eunice Pimenta

Profa. Maristela Simões do Carmo, da Faculdade de Engenharia Agrícola (Feagri) da Unicamp

 

Prof. Fernando Antônio Santos Coelho, pró-reitor de extensão e cultura da Unicamp, que esteve no evento representando o reitor, Prof. Antônio José de Almeida Meirelles

 

A BORA dá as boas-vindas às alunas e aos alunos da Unicamp!

Sejam todas e todos bem-vindos às atividades presenciais na Unicamp! A Biblioteca de Obras Raras Fausto Castilho deseja a vocês um bom retorno.

Cordialmente, Equipe BORA.

Exposição virtual “100 anos da Semana de Arte Moderna de 1922”

Em 2022, comemoram-se os 100 anos da Semana de Arte Moderna de 1922, evento ligado ao Movimento Modernista, que contou com manifestações artísticas variadas – artes plásticas, música, literatura – e com a participação de nomes consagrados do modernismo brasileiro como Mário de Andrade, Oswald de Andrade, Víctor Brecheret, Anita Malfatti, Menotti Del Pichia, Guilherme de Almeida, Heitor Villa-Lobos, Di Cavalcanti, entre outros – a artista plástica Tarsila do Amaral, embora não tenha participado do evento, juntou-se ao grupo dos modernistas alguns meses depois.

Para homenagear esse, que foi um movimento importante para a arte brasileira, a BORA organizou uma exposição virtual de livros de seu acervo que são de autoria de personalidades que participaram da Semana de 22 ou que apresentam obras de artistas do Movimento Modernista.

A mostra está disponível no canal da BORA no YouTube:

https://www.youtube.com/watch?v=p0GWBUhDlbY&t

BORA temporariamente fechada

Informamos que a Biblioteca de Obras Raras Fausto Castilho ficará temporariamente fechada, pois tivemos um caso positivo de Covid-19.

A equipe continuará atendendo remotamente pelos canais da biblioteca: e-mail bora@unicamp.br e Whatsapp 19 98415-0925.

Manteremos todos informados tão logo haja previsão para retorno das atividades presenciais.

Cordialmente, Equipe Bora.

Mensagem de Natal e Ano Novo da BORA

Esperança

bem no alto do décimo segundo andar do Ano
Vive uma louca chamada Esperança
E ela pensa que quando todas as sirenas
Todas as buzinas
Todos os reco-recos tocarem
Atira-se
E
— ó delicioso
vôo!
Ela será encontrada miraculosamente incólume na calçada,
Outra vez criança…
E em torno dela indagará o povo:
— Como é teu nome,
meninazinha de olhos verdes?
E ela lhes dirá
(É preciso dizer-lhes tudo de novo!)
Ela lhes dirá bem devagarinho, para que não esqueçam:
— O meu nome é ES-PE-RAN-ÇA… 

Mário Quintana

O pesquisador Raphael Guilherme de Carvalho publica livro sobre Sérgio Buarque de Holanda

A equipe da BORA tem a satisfação de apresentar o livro Sérgio Buarque de Holanda: escrita de si e memória (1969-1986), publicado pela Editora da Universidade Federal do Paraná (UFPR), fruto da tese de doutorado em História de Raphael Guilherme de Carvalho.

Para seu trabalho, Raphael esteve durante um período na então Diretoria de Coleções Especiais e Obras Raras da Biblioteca Central Cesar Lattes (CEOR/BCCL), atual Biblioteca de Obras Raras Fausto Castilho (BORA), realizando pesquisa junto à Coleção Sérgio Buarque de Holanda, que faz parte do acervo.

“A convivência cotidiana com o pessoal das Coleções Especiais e Obras Raras permitiu criar um ambiente muito saudável de trabalho, então, o agradecimento pela atenção e companhia das bibliotecárias Fernanda Mira, Celia Aparecida e Isabella Pereira, bem como da então diretora Tereza Cristina de Carvalho.”

Agradecemos ao Raphael pela convivência agradável no período em que esteve na biblioteca.

O livro já está disponível para consulta por outros pesquisadores, que certamente se beneficiarão com o trabalho do Raphael.

Exposição “A Mulher Brasileira: apenas bela, recatada e do lar?”

A Bora reedita a exposição A Mulher Brasileira: apenas bela, recatada e do lar?, apresentada pela primeira vez em 2017 na Biblioteca Central Cesar Lattes. Desta vez, foi incluído o formato virtual, no qual é apresentada uma série de vídeos sobre mulheres de destaque em diferentes áreas – ciências, artes, literatura e mais – que sobressaíram por sua coragem, determinação, rebeldia e ousadia. Essas mulheres abriram a fronteira para inserção feminina no panorama social, cultural e político brasileiro. A exposição também pode ser visitada no prédio da Bora até o mês de dezembro e a série de vídeos pode ser conferida no canal da Bora no YouTube.